Conheça o Parque Histórico de Carambeí – Paraná

Conheça o Parque Histórico de Carambeí – Paraná

Conhecemos o Parque Histórico de Carambeí em outubro/2021 e ficamos encantados, pois, o lugar é belíssimo e retrata à história dos imigrantes holandeses que viveram na cidade.

Logo na entrada tem um Koffiehuis — Confeitaria e restaurante que oferecem várias delícias da culinária típica holandesa.

O ingresso custa R$ 20,00 inteira, mas para professores, estudantes, doadores de sangue regulares, profissionais da área da saúde, idosos e pessoas com deficiência pagam meia entrada.

Além disso, são isentos moradores da cidade de Carambeí, funcionários da prefeitura local e crianças até 6 anos (sendo acompanhante de pessoas com deficiência e pessoas acima de 60 anos).

Contudo, como visitamos o parque quarta-feira fomos isentos do ingresso.

O local é extenso, totalizando assim, mais de 100 mil metros. Desse modo, é considerado um dos maiores museu a céu aberto do Brasil.

Localizado a cerca de 2h de Curitiba no município de Cambareí no Estado do Paraná. Dessa forma, o parque está dividido em cinco partes: a Casa da Memória, a Vila Histórica, o Parque das Águas, o Centro Cultural Amsterdã e o Centro de Exposições.

Então, neste post vamos apresentar por detalhe nossa experiência nesse lugar encantador e cheio de memórias.

Sobre o Parque Histórico de Carambeí

Achamos muito interessante o projeto em si, visto que, o local tem o objetivo de preservar a memória e o legado histórico cultural deixado pelos imigrantes holandeses.

Em razão que, no início do século XX desenvolveram uma nova parceria estável e sustentável entre Brasil e a Holanda. Portanto, o museu garante um espaço dinâmico e de aprendizagem.

Assim, apresenta o acervo de maneira atraente e interativa proporcionando aos visitantes uma rica experiência cultural.

Vídeo – Parque Histórico

Lugar incrível! Conheça o Parque Histórico de Carambeí!

A Casa da Memória

A Casa da Memória fica no começo do parque, já que, o local guarda o acervo histórico da cidade de Carambeí. Desse modo, foi instalada na antiga estrebaria construída em 1946 e apenas em 2011 as peças do acervo foram catalogadas.

Nesse local, contém a matriz ideológica da colonização e formação histórica.

Museu do Trator

Pensa em um museu interessante! O acervo é deslumbrante, dessa maneira, retrata à história da agricultura.

Composto por 20 tratores bem conservados, que mostram a evolução dessas máquinas desde o ano de 1911 até os dias atuais. Assim, o local tem muita história e rende muitas fotos.

Vila Histórica

À primeira vista, ficamos encantados com a Vila Histórica de Carambeí é um conjunto arquitetônico composto por construções em forma de círculo que retrata a antiga Colônia Carambehy desde o início em 1911 até 1935.

Achamos muito interessante o projeto em si, visto que, o local tem o objetivo de preservar a memória e o legado histórico-cultural deixado pelos imigrantes holandeses.

Assim, cada cenário os visitantes voltam ao passado e permite à vivência nas instâncias da comunidade.

Parque das Águas

O Parque das Águas encanta com o olhar, pois, além do lugar ser belíssimo trata-se de um museu ambiental que retrata as tecnologias, como: pontes, represas, portos e habitação sobre a água.

Além disso, as construções arquitetônicas e às belas paisagens são compostas por casas típicas do interior da Holanda do Norte.

Assim, o Parque das Águas é uma réplica das casas típicas de madeira do parque ambiental Zaanse Schans em Zandaam, cidade que fica próxima a capital de Amsterdã.

Centro Cultural Amsterdã

Junto ao Centro Cultural está prevista à construção de um equipamento multiuso para estábulos, palestras, congressos, cursos e teatros.

Desse modo, à cultura holandesa tem sido um exemplo para o mundo, por sua elegância e por ser um país com uma excelente qualidade de vida.

Bem como, o controle do fluxo das águas, reservou aos Países Baixos o respeito mundial como uma das culturas mais avançadas do planeta.

Portanto, o Centro Cultural Amsterdã é composto por um conjunto de construções que reproduz um quarteirão da cidade de Amsterdã e estimula a ação cultural, unificando acervos, artes, ciências e educação.

Centro de Exposições

O Centro de Exposições é composto por um galpão coberto para eventos. Dessa maneira, está integrado ao parque para evento cultural, comercial, esportivo e recreativo.

Koffiehuis – confeitaria e restaurante

Não poderíamos deixar de experimentar as delícias da gastronomia holandesa, visto que, sou apaixonada por doces e a confeitaria nos encantou. As tortas são maravilhosas!

Ao lado do restaurante tem uma lojinha de souvenir e também um playground para alegria das crianças.

Como chegar – Instruções De Curitiba a Ponta Grossa

O Parque Histórico de Carambeí está localizado na Rua dos Pioneiros, 4050 – Carambeí no Estado do Paraná.

  • Ir pela BR 277 sentido Curitiba – Ponta Grossa;
  • Seguir pela BR 277 passando pelo Município de Campo Largo;
  • Pegar a BR 376;
  • Passar o 1º pedágio;
  • Passar o 2º pedágio;
  • Passando o Município de Ponta Grossa, seguir as placas sentido Norte do Paraná;
  • Pela PR 151, seguir sentido Carambeí/Castro;
  • Entrando no Município de Carambeí fazendo conversão a direita e passando por debaixo da rodovia.

Para mais informações acesse o site oficial – Parque Histórico.

Para ler mais

Maior Restaurante da América Latina – Famoso Madalosso

Jardim Botânico turistando em Curitiba – Sarapateando

Parque Tanguá cartão-postal de Curitiba

Conheça o Parque Tingui em Curitiba

Bosque Alemão: Conheça um lugar encantado – Curitiba

Conheça o Bosque Zaninelli em Curitiba – Sarapateando

Buraco do Padre: Natureza incrível em Ponta Grossa – PR

Conclusão desse dia incrível

Definitivamente, o lugar encanta com o olhar, vivenciar uma nova cultura e conhecer o acervo de forma atraente provoca nos visitantes uma experiência cultural excepcional.

Enfim, amamos conhecer o Parque Histórico de Carambeí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo
error: Conteudo protegido!